• cantinhoananda

Desequilíbrio Emocional e Mental na Pandemia

Atualizado: Ago 4

Provavelmente você ou alguém próximo a você tem sentido os impactos do Isolamento Social e mudança de hábito na saúde emocional e mental. Estresse, depressão, ansiedade, tristeza, apatia, desânimo, medo de ser contaminado, de mudanças no âmbito profissional, tudo isto pode estar afetando fortemente sua vida atualmente.


De acordo com Jair de Jesus Mari, médico psiquiatra, professor titular e chefe do Departamento de Psiquiatria da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), os sintomas psicológicos estão relacionados com as fases da pandemia.


Fase 1 - Mudança radical do estilo de vida

Nesta fase o medo de ser contaminado pelo Corona Vírus predomina dentre as preocupações. Então o distanciamento social começa a ocorrer, alimentando o estresse.


Fase 2 – Mudança de Rotina

Nesta fase são comuns as manifestações de desamparo, tédio e raiva pela perda da liberdade. É preciso então se adaptar à nova realidade, podendo gerar irritabilidade e ansiedade. Aqui a saúde mental está sendo provada.

Aqui também é mais propício de apresentar as Crises de Ansiedade e de Pânico.


Fase 3 – Medo de perdas econômicas e afetivas

São possíveis de acontecer infelizmente. Estamos passando por uma forte crise econômica. As pessoas internadas ou mesmo próximas a elas vão passar pela experiência de pegar o vírus e todo o estresse pós-traumático ocasionado e até depressão. Na depressão você pode deixar de fazer atividades que gostava antes, pode apresentar uma tristeza e irritabilidade maior, além de insônia e pensamentos negativos.


Como cuidar da sua saúde Emocional e Mental?

Primeiramente, tenha sempre em mente que tudo isto vai passar. São tempos difíceis, mas nada dura para sempre. Se prepare agora para o que há por vir. Deixe que o distanciamento das pessoas seja apenas físico, então converse mais por vídeo, ligue para alguém por WhatsApp, Facetime. Converse online com as pessoas.


Tentemos pensar mais na coletividade, ter mais pensamento altruísta, não esquecer que o isolamento é grupal em prol de um benefício social. Não é somente você quem está passando por tudo isto, é o Planeta todo. Por isso, “segure a peteca, não deixe ela cair”. Vai passar. Seja forte.


Se os efeitos do isolamento tem afetado sua saúde emocional e mental, faça exercícios físicos regularmente, mesmo que dentro de casa (há muitas aulas boas e grátis no Youtube), tome sol sempre que conseguir, exerça sua criatividade de alguma forma, desenhe, pinte, toque algum instrumento. Cuide da sua casa, mantenha-a limpa, organizada, anime seu ambiente com uma linda flor e cuide bem dela, coloque uma música alegre que ame cantar e dançar, deixe a música clássica invadir todos os cantos da sua casa. Mantenha sua mente ativa.


Experimente o Reiki, Barra de Access e a Terapia Floral para te ajudarem a voltar ao seu equilíbrio. Neste caso, se precisar estou à disposição para te ajudar. Conte comigo!


Veja aqui várias 7 dicas para driblar os impactos do isolamento social.


Espero que este texto tenha ajudado de alguma forma. Se gostou, compartilhe nas redes sociais ou deixe um comentário.


Gratidão.

Rafaela Cristina Gomes Segarra

Terapeuta Complementar

Whats. (11)94961.0123

cantinhoananda.com.br

Gostei. Quero agendar uma sessão.

28 visualizações
 

(11) 94961-0123

R. Itapeva, 202 - sala 62 - Bela Vista, São Paulo - SP, 01333-000, Brazil

  • Facebook
  • Instagram