• cantinhoananda

Reiki no Japão

Atualizado: 28 de Jan de 2019


Escreverei neste texto um breve relato da minha viagem ao Japão em novembro de 2018 com o objetivo de absorver mais sobre os ensinamentos do Reiki. Espero que a experiência relatada desta viagem, juntamente com as fotos mostradas abaixo, possam levar você, leitor, ao Japão e te deixar um pouco mais próximo das raízes do Reiki.


O reiki foi originado no Japão, por Mikao Usui, em março de 1922. Ao contrário do que muitos pensam, não é um método milenar, nem centenário ainda. Usui vivia em uma cidadezinha no interior chamada Taniai (significa “encontro de vales”), na Província de Gifu. Nesta cidade ele costumava frequentar um templo de nome Amataka, local que meditava em busca de mais sabedoria e é onde estão atualmente sepultados muitos familiares Usui.

Por intuição, foi direcionado a meditar em um monte localizado cerca de 3 horas de carro de sua cidade natal, o Monte Kurama. Lá, naquele março de 1922, após 21 dias em meditação e jejum, ele recebeu o Reiki. Desde então, o método tem se alastrado por todos os países do globo terrestre, auxiliando com o processo de cura de milhões de pessoas.


No Japão, o Reiki é considerado uma filosofia de vida que se baseia em 5 princípios: só por hoje, não se preocupe, não sinta raiva, seja grata a Deus e a todos, trabalhe com amor e honestidade, seja gentil com todas as criaturas vivas. Além disso, lá o reiki é mais intuitivo do que aqui no Ocidente. Não existe, por exemplo, um tempo definido rigidamente para ficar com as mãos em cada posição. Cabe ao mestre, por meio da sua intuição, sentir o tempo necessário.

E foi possível perceber isto nas aulas do mestre Fuminori Aoki e sua auxiliar mestre Noriko Ogawa da Human Trust Institute Reido Reiki .



Contamos com a tradução de duas japonesas Olivia Kikuchi e Ansai Emiko que também nos ajudaram com os passeios turísticos. O sensei Aoki solicitou ajuda de 12 simpáticos voluntários para ajudar nas aulas de Reiki.



Lá aprendemos algumas técnicas que não vieram ao Ocidente, como o poderosíssimo símbolo Koriki, conhecido como "o símbolo da felicidade", composto pelos caracteres Força e Felicidade. Símbolo pouco conhecido, mas que não minimiza sua relevancia. Quando o recebi, senti meu corpo todo se arrepiar, um magnetismo enorme que entrou pelo meu coração e se espalhou por todas as extremidades do meu corpo, difícil descrever a sensação em palavras. Aplico o koriki em todos os meus clientes ao final da sessão, a energia é realmente muito poderosa. Ajuda muito quando a pessoa está triste e passando por momentos difíceis.



Começamos as visitas dos lugares significativos para o Reiki. O primeiro destes lugares foi o templo Saiho-ji em Tokyo. As cinzas e o Memorial de Mikao Usui encontram-se neste templo, que é cuidado por membros da Usui Reiki Ryoho Gakkai, associação criada por Mikao Usui. Lá há uma pedra com escritas talhadas que nos passam ensinamentos da mais alta sabedoria.



Nesta minha viagem eu visitei a casa em que Mikao Usui morava. Hoje o local é uma madereira e não pertence mais à família Usui.



Como a cidade é pequena, é comum encontrar seus familiares lá. Eles optaram por não seguir adiante com o Reiki. Acredito que não tenham a ciência no que o Reiki se transformou.

Em seguida fomos ao templo em que Mikao Usui meditava na sua cidade natal, o Templo Amataka, já comentado acima. É um templo simples, xintoísta, com uma energia incrível. Ele e dois irmãos doaram um Torii a este templo. Alguns metros antes da entrada do templo há um memorial (a terceira foto abaixo, a pedra) com os nomes de algumas importantes escolas de Reiki de vários países.



Posteriormente fizemos o tão esperado passeio da viagem, Monte Kurama, montanha sagrada da meditação e da descoberta do Reiki pelo Sensei Mikao Usui. É o local onde tudo começou, Fica próxima à cidade de Kyoto. Hoje o acesso ao pico é facilitado por meio de escadas e um bondinho elétrico que agiliza muito com a subida. Em 1922 nada disto existia.



O local possui mesmo uma energia incrível, indescritível, inesquecível. O monte já era sagrado quando Mikao Usui foi intuído a ir para lá. Já no alto, existe um templo, local onde fizemos uma prática de meditação e envio de Reiki para a paz mundial e equilíbrio do planeta, recebemos também uma iniciação pelo Mestre Johnny De' Carli.



Na foto abaixo está o local exato no Monte Kurama onde Mikao Usui ficou em meditação e jejum em março de 1922, bem no meio das árvores, local bastante alto e sujeito às alterações climáticas.



Por fim, a viagem foi inesquecível, rica de aprendizados para a vida: ensinamentos do Fuminori Aoki e dos demais mestres japoneses e voluntários, compartilhamento de experiências, além de muitas visitas como ao Memorial, à cidade de Mikao Usui, à casa em que morou, ao templo em que meditava e ao próprio Monte Kurama, tudo isto ficará para sempre em minha memória com um sentimento de muita gratidão pelo Universo ter me permitido estar lá.


Espero que este texto tenha sido útil de alguma forma. Se gostou, compartilhe nas redes socias ou deixe um comentário.

Gratidão.

Rafaela Cristina Gomes Segarra

Terapeuta Complementar

Whats. (11)94961.0123

cantinhoananda.com.br

Gostei. Quero agendar uma sessão.

251 visualizações
 

(11) 94961-0123

R. Itapeva, 202 - sala 62 - Bela Vista, São Paulo - SP, 01333-000, Brazil

  • Facebook
  • Instagram